Banco de Gametas

Congelamento de Sêmen e Óvulos

img-banco-gametas01

Preservar a fertilidade antes de tratamento médico ou circunstâncias especiais é a melhor maneira de proteger sua capacidade reprodutiva no futuro. Cerca de 5% da população diagnosticada com câncer neste ano terá idade inferior a 35 anos. Com o avanço nos tratamentos e diagnósticos cada vez mais precoce, a taxa média de sobrevida desses pacientes é de 70%.

Entretanto, os tratamentos com quimioterapia e radioterapia utilizados podem levar à infertilidade. Atualmente, com o avanço das tecnologias reprodutivas é possível congelar e armazenar por tempo indeterminado as células germinativas (espermatozoides e óvulos), embriões e tecido ovariano para no futuro serem utilizados com auxílio de técnicas de reprodução assistida, preservando assim a capacidade reprodutiva.

Veja algumas situações em que recomendamos o armazenamento prévio de gametas (sêmen e óvulos):

  • Tratamento de Câncer
  • Cirurgias (testicular, próstata e ovários)
  • Realizar vasectomia
  • Pacientes em tratamento de FIV e por algum motivo o marido não estará presente no dia da coleta para fertilização do óvulo.
  • Pacientes que trabalham expostos a materiais perigosos e contaminantes (risco ocupacional)
  • Pacientes expostos a toxinas ambientais e contaminantes químicos (chumbo, agrotóxicos, radiação)
  • Programas de Doação de gametas

Para a segurança e de acordo com a legislação vigente para o armazenamento é necessário a realização prévia de exames de sorologia para triagem.

Saiba mais sobre a coleta e o armazenamento de sêmen e óvulos , entre em contato pelo 0800 773 2166.

Saiba também sobre exames, espermograma, tratamentos como FIV, Inseminação e criopreservação dos gametas.


Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios *