Demonstração de amor dos pais diminui a chance de depressão

Demonstracao-de-afeto-e-carinho.jpeg

Pesquisa afirma que o carinho influencia no desenvolvimento cerebral da criança

Uma demonstração de amor dos pais faz a criança tanto perceber o quanto é amada como também serve para acalmá-la em situações de estresse. Um novo estudo publicado pelo Journal Proceedings of the National Academy of Sciences apontou que o carinho também influencia no desenvolvimento cerebral do seu filho.

A pesquisa realizada pela Universidade de Washington avaliou 92 crianças com idades entre 3 e 6 anos. Os pesquisadores colocaram pais e filhos em um laboratório e gravaram as imagens. Após um tempo, as crianças começavam a ficar inquietas e alguns pais tentavam acalmá-las com carinho e tranquilidade. Já outros perdiam um pouco da paciência.

Anos após a experiência, os pesquisadores notaram que as crianças que tinham um carinho mais efetivo dos responsáveis, durante o tempo de estresse no laboratório, tiveram um significativo aumento do hipocampo (parte do cérebro) do que aquelas cujos pais tiveram menos paciência para lidar com o comportamento.

Por que isso é importante? Porque mais do que qualquer outra parte do cérebro, quando falamos de hipocampo, tamanho importa! Ter um pequeno hipocampo aumenta o risco de desenvolver problemas de saúde como a depressão e traumas causados pelo estresse como Alzheimer.

Portanto, além de ajudar no desenvolvimento cerebral da criança e prevenir doenças, a demonstração de afeto e carinho estreita laços e transforma o ambiente de sua casa. Não economize nas doses de amor ao seu filho e aproveite para estender essas demonstrações aos outros familiares. Em tempos corridos como vivemos atualmente, muitas vezes nos esquecemos de olhar, escutar e abraçar quem está a nossa volta.

Fonte – Revista Pais e Filhos